10 de mar de 2015

LIVRO: "As astúcias da enunciação", de José Luiz Fiorin


             Nossa sugestão de leitura desse mês não é um lançamento, muito menos uma obra recém-lançada. Trata-se de um livro publicado há dez anos, mas que apresenta um conteúdo atemporal, que ultrapassa os limites da semiótica discursiva para abordar questões próprias da linguística: as categorias da enunciação e suas “astúcias”.
            José Luiz Fiorin, o autor, é um renomado professor livre-docente da Universidade de São Paulo (USP), que publicou (e publica) inúmeras obras de linguística e ministra diversos cursos e palestras Brasil afora. O didatismo de Fiorin se estende não apenas às aulas, mas também à escrita. Seus textos são carregados de significados, mas a leitura é leve e prazerosa.
   Nessa obra, Fiorin extrapola as categorias da enunciação – pessoa, tempo e espaço – para discorrer sobre seus desdobramentos e os efeitos de sentido criados. No capítulo sobre a categoria de pessoa são apresentadas todas as possibilidades de actorialização: pessoa demarcada, multiplicada, transformada, subvertida, transbordada e desdobrada. As mesmas possibilidades se estendem para os tipos de espaço e de tempo, que são estudados em capítulos separados. Sobre esse último, porém, há o acréscimo dos tempos dominado, sistematizado e harmonizado.
   Duas teses principais norteiam as discussões apresentadas nesse trabalho: “a) as categorias de pessoa, tempo e espaço são regidas pelos mesmos princípios; b) seu funcionamento no discurso é instável, mas essa instabilidade obedece a determinadas coerções.”.
   Trata-se de uma obra fundamental para quem pretende compreender melhor os mecanismos enunciativos e a sintaxe discursiva, com foco nas projeções da enunciação no enunciado e nas relações entre enunciador e enunciatário.

Postado por

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por enviar o seu comentário! Ele será publicado em breve.